sábado, 16 de dezembro de 2017

Pai Natal,

Peço que este Natal,
Seja como os outros Natais…
Que haja brilho nos olhares,
Em vez de faíscas de ódio.
Que haja consciência nos familiares,
Ao darem prendas à criançada.
Que haja harmonia nos lares,
E aconchego para a bicharada.
Que haja paz nos corações,
E sinceridade nas orações.
Sobretudo, que seja um dia como os demais dias….
Que os famintos sejam alimentados;
Que os sedentos saciem a sua sede;
Que as crianças órfãs sejam acarinhadas;
Que os idosos solitários tenham companhia;
Que os seres violentados vivam em paz de espírito;
Que os sem-abrigo sejam abrigados do frio;
Que se faça justiça aos injustiçados;
Que a pessoa com deficiência seja valorizada;
Que os doentes sejam contemplados com saúde;
Que este Natal seja o Natal de todos os dias…
Um Natal com valores!


Cândida Passos   04-12-14




sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Atuação na Festa de Natal – Grupo de Teatro Amador de Briteiros Escolar

No dia 15 de dezembro comemoramos o Natal na nossa Escola. Os Alunos do grupo de teatro dinamizaram uma performance com os temas “Barroco”, “Filme 007” e atualidade. Foi com muita animação que nos preparamos e atuamos palco.
Em teatro, todos fazem parte da atuação, inclusive o público com as suas reações e emoções revela muito acerca das mensagens que queremos transmitir. Um grande obrigado ao nosso Público.
Como diz Augusto Boal “Todos podem fazer teatro, até os actores, e em toda a parte se pode fazer teatro, até nos teatros”
.
                                                                          O Grupo de Teatro Escolar de Briteiros








quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Visita de estudo-Plataforma das Artes e Centro Cultural Vila Flor-Guimarães e Theatro Circo-Braga
                                 

No âmbito da visita de estudo, os alunos do 8.º ano deslocaram-se a Guimarães e a Braga.
Em Guimarães visitamos a plataforma das artes e o Centro Cultural de Vila Flor, onde pudemos ver obras inseridas no prémio Nacional BIG - Bienal de Ilustração de Guimarães, com autores selecionados como: Abigail Ascenso, Alex Gozblau, Ana Biscaia, Ana Braga, Luís Manuel Gaspar, Mariana, a miserável, Paulo Buchinho, Rachel Caiano, Renata Bueno, Ricardo Ladeira Carvalho, Ricardo Reis, Rui, Susa Monteiro, Susana Lima, Susana Matos, Tiago Albuquerque, Tiago Baptista, Tiago Guerreiro, Tina Siuda, Yara Kono, etc.
No espaço da Plataforma das Artes e Criatividade além das obras inseridas no prémio Naciona BIG, visitamos o Centro Internacional das Artes José de Guimarães, autor cuja cidade natal é Guimarães. Este espaço é uma estrutura dedicada à arte contemporânea, Arte Africana, Arte Pré-Colombiana e Arte Chinesa Antiga –, constam ainda obras da autoria do artista e de outros artistas contemporâneos e objetos do património popular, religioso e arqueológico,
Em Braga fomos ao Theatro Circo, ver atuação da companhia ACROBUFFOS. Pudemos voar com o vento e sonhar com Air Play, um espetáculo moderno. Vimos. Guarda-chuvas voadores, balões, gigantes a flutuar sobre a plateia. Air Play é a aventura circense de dois irmãos que viajam pelo do sonho e o mundo do ar, transformando o comum em objetos de beleza invulgar. Os tecidos dançaram no vento, os balões ganharam vontade própria, o confetti transformou-se num céu noturno.
De realçar a boa disposição e comportamento dos alunos nesta visita. Assim, faz-se um balanço positivo de toda a atividade.


Os responsáveis: Célia Campos, Isabel Fonseca, Carla Esteves, Luísa Braga, João Vieira e Conceição Gonçalves.












                                       Boas Festas JI Souto Santa Maria


quarta-feira, 13 de dezembro de 2017


Dia Mundial da Luta contra a SIDA

A atividade do Dia Mundial da Luta contra a SIDA, foi realizada com os seguintes objetivos: promover a consciencialização sobre a epidemia do VIH/SIDA; alertar os alunos para a importância da proteção contra o VIH, formas de contágio e sensibilização para a problemática da discriminação das pessoas infetadas e doentes de SIDA, com propostas aos Diretores de Turma,  de visualização de filmes e pequenos vídeos, no âmbitos das aulas de Cidadania. Procedeu-se, ainda, a exposição com informação relativa ao tema, na sala do aluno bem como, a um concurso de banda desenhada, aos alunos.

Relativamente à atividade do Dia Mundial da Luta contra a SIDA, os alunos vencedores do concurso de banda desenhada, sobre as formas de contágio da SIDA são:

1º Lugar- Rafael Castro 8ºA;

2º Lugar- Beatriz Almeida 9ºC​.

Parabéns.

                                                                                 projeto Mais e Melhor saúde









segunda-feira, 11 de dezembro de 2017




9º C e D  Wish you all a Merry Christmas and a Happy New Year.
elaborado por 9º C e 9º D e profª Adriana Resende.



sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Encontro com escritores

Encontram-se claramente reconhecidas as potencialidades que os encontros com escritores proporcionam às crianças, como atividade extremamente motivadora para a criação de hábitos de leitura e para o desenvolvimento do gosto pela escrita.
Conscientes da importância das sessões com os autores, os nossos alunos tiveram o prazer de receber, na nossa escola no passado dia 30 de novembro, o escritor João Manuel Ribeiro. Num momento anterior à visita, a professora bibliotecária apresentou algumas das suas obras, tendo as mesmas sido disponibilizadas para a compra dos alunos que assim o desejassem.
Sendo este escritor autor de imensos títulos de Literatura Infanto-juvenil, repartidos entre a narrativa e a poesia, brindou as nossas crianças com uma interação divertida, numa abordagem lúdica e pedagógica que captou a sua atenção, do início ao fim da sessão.
No âmbito da comemoração da Semana da Diferença, foi explorada a obra “O Menino dos Caracóis”, da autoria de Hélder Magalhães, que transmite uma mensagem de superação perante as dificuldades e obstáculos que a vida nos apresenta. Neste sentido, as crianças elaboraram um cartaz alusivo à obra, reutilizando materiais diversos e sugerindo ideias para “um mundo melhor”.
No dia 5 de dezembro, realizou-se também na nossa escola um encontro com este escritor, numa sessão aberta a toda a comunidade educativa. Nesta sessão, o escritor teve oportunidade de apresentar o seu testemunho de vida, marcado também pela força e otimismo, dado que muito jovem se deparou com a necessidade de amputar uma perna. Aliás, a sua obra, aborda de forma metafórica a sua própria história de vida, pois o autor, tal como o “Menino dos Caracóis”, teve sempre a coragem de contornar a dificuldade e transformá-la num desafio.
As crianças e suas famílias mostraram-se sensibilizadas para esta história de vida e um número considerável de crianças quis adquirir a obra, cujo valor de venda reverte em parte para a compra de uma nova prótese que permitirá ao escritor uma melhor articulação do joelho.
Neste encontro, foi estimulada assim a educação das nossas crianças para a solidariedade e ajuda e, simultaneamente, o respeito pela diferença.
Em ambos os encontros com os escritores, a visita terminou com uma sessão de autógrafos.
Foram dois momentos promotores da formação integral das crianças, cumprindo com total evidência os objetivos delineados.
Gostaríamos de expressar o nosso agradecimento a todos os intervenientes que tornaram possíveis estes dois encontros.

EB/JI de Fafião







domingo, 3 de dezembro de 2017

3 de dezembro, dia internacional das pessoas com deficiência
por prof. Cândida Passos

Todos diferentes, todos iguais.

Somos igual a Ti.
E Tu és igual a nós.
Só que vês de maneira diferente de nós.
Só que ouves de maneira diferente de nós.
Só que te expressas de maneira diferente de nós.
Só que andas de maneira diferente de nós.
Só que pensas de maneira diferente de nós.
Só que sentes de maneira diferente de nós.

Tens dons escondidos no teu ser,
Dons de grande valor,
Dons que fazem enaltecer qualquer um de nós.

Desenhas o que te vai na alma,
Com muito amor.
E…pintas uma aguarela embebida de cor.

Escreves os teus sentimentos
Numa folha à espera de ser preenchida.
E…dás-lhe vida … muita vida.

Cantas de uma forma esplendorosa.
A tua voz penetra nos recônditos mais escondidos,
De mim.

Tocas violino
Como nunca ninguém tocou.
E dele tiras sons,
Como nunca ninguém tirou.
Sons,
Que me fazem arrepiar.
 Sons,
Que me levam a sonhar…

Tens talentos, tens valores…
Tens uma grande personalidade.
És repleto de potenciais.
Todavia,
Todos somos diferentes.
Todos somos iguais!

Cândida Passos 03-12-14